19 de dezembro de 2014

A POESIA DO “PRIMO POETA”; AS LÁGRIMAS DO BACURAU

 

clip_image002

AS LÁGRIMAS DO BACURAU:

Pensava ser imortal

Vivia de regalia

Até chegar um Faria

Pra jogar-lhe no quintal.

As lágrimas do bacurau

Inspira qualquer cordel,

O verde do seu pincel

Este ano teve fim,

Principalmente em Jardim

Que deixou de ser fiel.

Por: Primo Poeta.

5 comentários:

  1. Fez muita gente chorar esperando pelas suas promessas e agora chega a vez dele.

    ResponderExcluir
  2. Ja foi tarde demais este parasita que numca fez nada para o estado

    ResponderExcluir
  3. Esse Primo Poeta é fera, uma grande abraço a ele!

    ResponderExcluir
  4. Vejo Henrique como a maior VAMPIRO de toda a história política do Rio Grande do Norte. Quase meio século de salários mensais, pagos pelo erário público. Graças ao bom Deus será um a menos.

    Ficará desempregado? ou ou PT irá aceitá-lo depois de citado no escândalo da PTrobrás?

    ResponderExcluir
  5. Porque não o levaram para o Hospital da COHAB? Tadinho, kkkk.

    ResponderExcluir

STF TEM MAIORIA PARA TORNAR JANONES RÉU POR POSTAGENS CONTRA BOLSONARO

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta sexta-feira (14) para tornar réu o deputado federal André Janones (A...