2 de março de 2024

EX QUE MATOU ADVOGADA E NAMORADO DELA É ENCONTRADO MORTO APÓS SER CERCADO PELA POLÍCIA NO RN

O suspeito de ter matado a advogada Andreia da Silva Teixeira, de 44 anos de idade, e o namorado dela, Lenivaldo César de Castro, de 52, morreu após ser cercado em um posto de combustíveis em uma operação policial para prendê-lo na tarde desta sexta-feira (1º) em Parnamirim, na Grande Natal.

 

De acordo com a Polícia Civil, o ex-policial penal Émerson Carlos Pereira reagiu ao cerco feito em um posto de combustíveis e uma troca de tiros foi registrada. Em determinado momento da operação, o suspeito "tirou a própria vida com um disparo de arma de fogo".

 

Émerson era ex-namorado de Andreia e principal suspeito de ter matado a tiros a advogada e o namorado dela em um condomínio em Parnamirim na quarta-feira (28). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BAIRROS E COMUNIDADES DE MUNICÍPIO DO INTERIOR DO RN SEGUEM ILHADOS

Bairros e comunidade de Ipanguaçu, município na Região Oeste, permanecem com as ruas e casas alagadas mais de 10 dias após as fortes chuvas ...