19 de julho de 2019

PREFEITO ZEZÉ SOLICITA À GOVERNADOR PARCERIA PARA CONSTRUÇÃO DE POLO INDUSTRIAL E OUTROS PLEITOS PARA SANTA LUZIA

O prefeito de Santa Luzia, Zezé, foi recebido em audiência pelo governador João Azevêdo, nesta quinta-feira (18), na Granja Santana, residência oficial do Chefe do Executivo Estadual, em João Pessoa. Na oportunidade, ele apresentou pleitos de relevante importância para o município, a exemplo do pedido de parceria com o Governo do Estado para a construção de um Polo Industrial, que vai garantir renda e vários empregos para a cidade; e do Parque Padre Ibiapina, que visa revitalizar toda a área do Açude Padre Ibiapina (Açude Velho), entre outros obras e ações.









A audiência contou com as participações do vice-prefeito de Santa Luzia, Chicão, e do deputado estadual Nabor Wanderley. Na avaliação do prefeito Zezé, o saldo da audiência foi positivo.




O primeiro pleito apresentado por Zezé foi a formulação de parceria com o Governo do Estado para o investimento na construção e estruturação de um polo de desenvolvimento de atividade econômicas fabris, industriais e de serviços. A Prefeitura de Santa Luzia já desocupou um terreno, localizado no bairro Frei Damião, para receber as futuras instalações do empreendimento.    


PARQUE PADRE IBIAPINA

Outro pedido de parceria apresentado foi a possibilidade de construção do Parque Padre Ibiapina, localizado às margens do açude de mesmo nome, conhecido como Açude Velho. A reivindicação pela obra já foi apresentada pela sociedade santa-luziense nas plenárias do Orçamento Democrático Estadual (ODE), e o projeto técnico solicitado ainda na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho, a pedido do então secretário de Estado da Infraestrutura, João Azevêdo, se encontra na Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimentos do Estado da Paraíba (Suplan) desde o ano de 2017.



ESCOLAS MUNICIPAIS

Ainda durante a audiência, o prefeito fez a solicitação da cessão de uso de dois terrenos de propriedade do Governo da Paraíba, que hoje abrigam as escolas municipais Aristarco Machado e Professor Antonio Philadelpho da Trindade Verna. De acordo com Zezé, a liberação das autorizações servirá para fins de regulamentação das áreas, através de escritura pública, que possibilitará a realização de reformas nas estruturas dos prédios que abrigam os dois educandários, pela Prefeitura de Santa Luzia. 




SEDE DO CREAS

Por fim, o prefeito Zezé ainda solicitou ao governador a devolução ao município do prédio onde funciona o Centro de Referência de Assistência Social (Creas), antiga Fundac, localizado próximo ao cemitério municipal. O Creas funcionou no local sob a gestão do município até 2017, quando passou a abrigar provisoriamente turmas da Escola Estadual Coelho Lisboa, que passou por ampla reforma. 



0 comentários:

Postar um comentário