30 de janeiro de 2018

POLÍCIA PRENDE SUSPEITOS DE PARTICIPAREM DE MASSACRE NO 'FORRÓ DO GAGO', E EVITA OUTRO MASSACRE DENTRO DE CEMITÉRIO NO CE

Sete suspeitos de participação da chacina na casa de shows "Forró do Gago", a maior chacina do Ceará, foram presos armados na tarde desta segunda-feira (29) em um cemitério em Pacatuba, na Grande Fortaleza. Segundo uma fonte da Secretaria de Segurança do Ceará, o grupo se preparava para matar pessoas que estavam no cemitério. Ainda conforme a secretaria, os presos são membros da "Guardiões do Estado" (GDE), facção criminosa que comandou o ataque.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dois dos homens foram liberados ainda na noite desta segunda-feira, após ter sido constatado que eles não tiveram envolvimento com a chacina.
 
 
 
 
Os policiais chegaram aos criminosos após denúncias anônimas.
 
 
 
 
 
Eles foram transferidos para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, em Fortaleza, unidade da Polícia Civil onde se investigam homicídios.
 
 
 
 
A polícia não divulgou se a pessoa velada era uma das 14 vítimas da chacina no clube Forró do Gago, ocorrida no sábado (27).

0 comentários:

Postar um comentário