1 de junho de 2024

“VIVA”! MAIS DE 50 UNIVERSIDADES FEDERAIS E 51 INSTITUTOS ESTÃO EM GREVE

Ao menos 54 universidades, 51 institutos federais (IFs) e o Colégio Pedro II continuam em greve desde abril. Professores e servidores das instituições reivindicam reestruturação de carreira, recomposição salarial e orçamentária, e revogação de normas aprovadas nos governos Temer e Bolsonaro.

 

Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andres), há uma defasagem de 22,71% no salário dos professores. A entidade pede uma reposição salarial que considere essa diferença.

 

Os níveis de paralisação variam — em algumas instituições, professores e técnicos-administrativos aderiram à greve. Em outros casos, apenas os professores ou técnicos estão paralisados. No caso dos institutos federais, a greve atinge pelo menos 400 campi espalhados pelo país.

 

Do Blog: Faz o L!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PROFESSORES DA UFRN DECIDEM ENCERRAR GREVE APÓS 59 DIAS

Os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte decidiram encerrar a greve da categoria nesta quinta-feira (20) após 59 dias d...