1 de setembro de 2020

JARDIM DO SERIDÓ COMEMORA 162 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA NESTA TERÇA-FEIRA, (01)

Desmembrado de Acari, em 1º de setembro de 1858, pela Lei nº 407, o povoado de Conceição passou a município com a denominação Vila do Jardim. Em 27 de agosto de 1874, de acordo com a Lei nº 703, para diferenciar de Jardim de Angicos, o município passou a ser chamado de Jardim do Seridó, que completa hoje, terça-feira, (01), 162 de Emancipação Política.

 

 

 


 

No final do século XVII, com o objetivo específico de reprimir a volta dos índios Cariris, uma expedição chegou ao território, marcando a presença do homem branco em área indígena. O povoamento da região só ocorreu algum tempo depois com a chegada de Antônio Azevedo Maia Júnior, nos idos de 1770, que se tornou o novo proprietário da fazenda que comprou ao Sargento Mor Alexandre Nunes Mautez e deu-lhe o nome de Fazenda Conceição.

 

 

Ao falecer em 1822, Antônio Azevedo Maia Júnior deixou uma grande descendência e nessa época a comunidade Conceição já estava alcançando desenvolvimento de povoado. Em abril de 1853, foi instalada uma escola e em 1856 passou a ser freguesia de Nossa Senhora da Conceição.


0 comentários:

Postar um comentário