27 de junho de 2023

DEFENSOR PÚBLICO DO RN DIZ QUE ELEITORAS DE BOLSONARO 'NÃO PODEM RECLAMAR' EM CASO DE VIOLÊNCIA SEXUAL

O defensor público do RN, Serjano Valle, afirmou em um áudio que eleitoras do ex-presidente Jair Bolsonaro "não podem reclamar" caso sofram determinados tipos de violência sexual, como "dedadas" no órgão genital. O áudio viralizou neste domingo (25) em uma plataforma de mensagens e nas redes sociais.

 

Diante da repercussão do caso, a Corregedoria Geral da Defensoria Pública informou nesta segunda-feira (26) que abriu um processo administrativo para apuração dos fatos.

 

Em nota repassada à imprensa, o defensor público Serjano Valle pediu desculpas pela fala e disse que reconheceu o erro.

 

Segundo ele, o áudio é reflexo do "calor intenso de discussões em grupos de WhatsApp de 'amigos', onde a informalidade impera", o que leva a "declarações pouco polidas e, por vezes, desmedidas".

 

 

A mulher que vota em Bolsonaro, se levar uma dedada no c* e na b* na rua não pode reclamar. Graças a Deus temos Alexandre de Moraes ‘danando’ a caneta nessa canalha, nesses vagabundos. (…) O cara que defende Bolsonaro defende tudo que esse cara fez, que esse marginal fez. (…) Minha mulher, em 2018, votou em Bolsonaro. Ano passado ela votou em branco, porque ela não aguenta votar em Lula, mas ela foi um pouquinho digna e disse que respeitava nossas duas filhas e não votou em Bolsonaro. A mulher que vota em Bolsonaro, se levar uma dedada no c* e na b* na rua não pode reclamar”, afirma o defensor, no áudio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÚMERO DE MORTOS EM TRAGÉDIA NO RS SOBE PARA 154

Boletim divulgado nesta sexta-feira, (17), pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul atualizou os números da tragédia que assola o estado em d...