30 de junho de 2020

ATRASO NA ENTREGA DOS HOSPITAIS DE CAMPANHA DO RJ COMPLETA 2 MESES


O atraso na inauguração dos hospitais de campanha do Rio completa dois meses nesta terça-feira (30). A promessa era inaugurar sete unidades até o dia 30 de abril, mas só os hospitais do Maracanã, na Zona Norte do Rio, e de São Gonçalo, na Região Metropolitana, foram abertos, mesmo assim com muitos atrasos e com menos leitos do que o previsto. 




Durante a gestão do ex-secretário de Saúde, Fernando Ferry, uma equipe técnica apresentou um relatório recomendando que os hospitais não fossem mais abertos. Mas o novo secretário, Alex Bousquet, ainda não se manifestou sobre o assunto. Ele assumiu há mais uma semana e até agora não deu nenhuma entrevista. 




Depois de muitas polêmicas envolvendo a Organização Social Iabas, responsável inicialmente pela construção e gestão das unidades, e a saída de dois secretários de Saúde, ainda não se sabe se os outros hospitais vão ser inaugurados. Enquanto isso, já chega quase a 10 mil o número de mortos por Covid-19 no estado. 

0 comentários:

Postar um comentário