3 de junho de 2019

CASA DE SUSPEITO DE MATAR MÃE DE 20 ANOS E FILHA DE 04 E ATIRAR NO MARIDO É INCENDIADA NO RN

A casa de um homem suspeito de ter participado do assassinato de uma mulher grávida de quatro meses e da filha dela, uma criança de 4 anos, foi queimada na noite deste domingo (2). O incêndio aconteceu no momento em que os corpos de Mayara Maria da Silva, de 20 anos, e da filha dela, a pequena Lara Emmilly, estavam sendo sepultados. Não havia ninguém na residência. 









A mãe e a filha – além do bebê que estava na barriga – foram vítimas de disparos de arma de fogo na madrugada, em uma estrada na zona rural de Nísia Floresta, quando voltavam para casa depois de participarem de uma festa.





Para a polícia, o marido de Mayara seria o verdadeiro alvo dos assassinos. Baleado, ele acabou socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal. Após ser atendido, recebeu voz de prisão. É que havia um mandado de prisão em aberto contra ele. Já a mãe e a filha, teriam sido executadas como queima de arquivo. A mulher levou quatro tiros. A menina, dois, no tórax.

0 comentários:

Postar um comentário