5 de junho de 2018

DEFENSORIA PÚBLICA DO RN EMPOSSA NOVOS DEFENSORES ESTADUAIS

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte empossou, nesta segunda-feira (04), quatro novos defensores públicos estaduais. A solenidade de posse aconteceu durante Sessão do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado, na sede administrativa do órgão na Ribeira, e contou com a presença de defensores, servidores, familiares e amigos.










Os novos defensores públicos estaduais – Alexander Diniz da Mota Silveira, Marília Guiomar Neves Pedrosa Bezerra, Camila da Silveira Jales, José Nicodemos de Oliveira Segundo – foram aprovados no concurso realizado pela instituição em 2016. O certame tem vigência até Setembro deste ano podendo ser prorrogado por mais dois anos. Com a posse, a Defensoria potiguar passou a contar com 64 membros em seu quadro de defensores públicos.






A cada momento como este reascende em mim a esperança de que um dia iremos alcançar a população de todo o Estado, levando cidadania a quem precisa. Ainda somos poucos, é verdade, mas os avanços vêm ocorrendo e, cada passo a seu tempo, a Defensoria Pública vem galgando o merecido espaço e respeito no Rio Grande do Norte”, registrou o Defensor Público-Geral do Estado, Marcus Alves, relembrando que a instituição está presente em 13 das 59 comarcas existentes no Estado, restando chegar a outras 46.





Representando os recém-empossados o defensor público Alexander Diniz falou em seu discurso sobre a jornada para ingresso na instituição e relembrou a grande missão que agora assumem. “[É] um sentimento de dever cumprido, mas sabemos que apenas em parte, pois o dever de ser pôr na condição do outro e de fazer valer os princípios e os valores de uma sociedade justa é eterno”, registrou. Os novos defensores também foram saudados pelo defensor público Igor Melo, atual presidente da Associação de Defensores Públicos do Estado do Rio Grande do Norte (Adpern). Os novos defensores públicos estaduais irão agora passar por um curso de formação que abrangem todas as áreas atendidas pela Defensoria para em seguida serem distribuídos em diferentes núcleos.

0 comentários:

Postar um comentário