7 de setembro de 2017

DISPARIDADE! CIDADE SERIDOENSE COM 6 MIL HABITANTES PODE GASTAR ATÉ R$ 60 MIL COM FESTA, E JARDIM DO SERIDÓ COM MAIS DE 12 MIL SÓ PODE GASTAR ATÉ R$ 18 MIL

O próprio site do Ministério Público mostrou que, a cidade de São Vicente, que tem 6 mil habitantes, poderá gastar até R$ 60 mil, para realização da parte social da festa de seu padroeiro, com a contratação de artistas, serviços de buffet e montagens de estruturas para apresentações artísticas, enquanto que, Jardim do Seridó, que tem mais que o dobro da população, só pode gastar até R$ 18 mil.
 
 
 
 
 
 
A recomendação do MP para a cidade de São Vicente se deu espontaneamente, e foi divulgada no diário oficial do município. Já em Jardim do Seridó, o prefeito teve que fazer um acordo com o Promotor de Justiça, em audiência, após representação feita pelos vereadores, Iron Júnior, “Zé da Noite”, “Dedé do Consórcio”, “Alcides Petrópolis”, e a vereadora Andréia, representante da família do ex-padre Jocimar Dantas.
 
 
Jardim do Seridó sempre foi muito beneficiada com a geração de emprego e renda durante suas festas populares, e apesar de vivermos mais de 5 anos de seca, vereadores que assinaram a denúncia, (os que já eram vereadores antes), jamais tentaram proibir as festas, e desta vez, com o apoio dos vereadores do primeiro mandato, tentaram proibir que a prefeitura realizasse a parte social da 'Festa do Coração de Jesus', tudo para tentarem promover o “quanto pior melhor”, mas, mesmo com as perseguições, a atual administração vem fazendo a festa com muito sucesso.
 
Por fim, esperamos que a população, principalmente os jovens de nosso município, “amadureçam”, e prestem mais a atenção ao escolherem "nossos" representantes, pois, a atual legislatura, tem muitos “ocupa cadeiras”, que não sabem o real papel do legislativo, e nada fazem para melhorar a vida do nosso tão sofrido povo.
 
Do Blog: Quando se vota por “favores”, se abdica do direito de cobrar. Jardim do Seridó não merece ser tratada dessa forma. Uma pouca vergonha!

0 comentários:

Postar um comentário