1 de agosto de 2017

”ESCOLHI CORTAR NA CARNE”, DIZ AMAZAN APÓS EXONERA SECRETÁRIOS E OUTROS COMISSIONADOS

O prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva, lamentou ter exonerado vários cargos comissionados de seu governo, entre eles, 4 secretários, sob a alegação de adequar o município nas exigências do TCE, haja vista que o município encontra-se com o limite prudencial com gasto com pessoal extrapolado.
 
A atual gestão recebeu o município do antecessor com o limite extrapolado, e esperou uma reação da crise nacional, mas como não aconteceu, a medida foi necessária e inevitável. “Não era o que eu queria, mas infelizmente foi inevitável!”, lamentou Amazan.
 
Com isso, Amazan espera resolver o problema do limite prudencial, e evitar mais demissões. “Vamos fazer remanejamentos, e trabalhar com o pessoal que ficou, caso contrário, teremos que fazer outras exonerações”, disse o prefeito.

0 comentários:

Postar um comentário