15 de novembro de 2018

CONIACC E PRF SE UNEM EM AÇÕES PELO PAÍS CONTRA O CÂNCER INFANTOJUVENIL

Ninguém vence esse combate sozinho! Uma luta diária e que precisa da ajuda de milhares de pessoas. A Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC junto com as mais de 50 instituições e casas de apoio filiadas espalhadas pelo Brasil vão promover neste mês, várias ações importantes de alerta e conscientização ao diagnóstico precoce em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil (DNCCI) - dia 23 de novembro. A Polícia Rodoviária Federal – PRF também participa desta corrente através de suas unidades em cada estado brasileiro.







Entre os principais objetivos da data estão: estimular ações educativas e preventivas relacionadas ao câncer infantojuvenil; promover debates e eventos sobre as políticas públicas de atenção integral às crianças e adolescentes com câncer; apoiar as atividades organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil em prol dos pacientes; difundir os avanços técnico-científicos relacionados à doença e apoiar as crianças, adolescentes e seus familiares. Após 10 anos de concretização no calendário nacional por meio da Lei de Nº 11.650, de 4 de abril de 2008 - Projeto de Lei Nº 7.103 de 2006, o Dia de Combate ao Câncer Infantojuvenil continua a operar, intensamente, na orientação e divulgação de informações em torno deste problema que atinge milhares de jovens anualmente. 







Além da atuação junto às filiadas, no decorrer deste mês, a CONIACC conta com o apoio da Polícia Rodoviária Federal – PRF. Durante a campanha, a PRF executa o projeto “Policiais Contra o Câncer Infantil” na realização de ações em todos os estados do Brasil, nos quais são designados membros das comissões de direitos humanos da PRF que tenham conhecimento na temática para atuação em eventos de integração com crianças e adolescentes, levando sorrisos, força, auxílio material e moral. 




O presidente da CONIACC, Rilder Campos, fala sobre a data. O DNCCI já é celebrado há 10 anos pelas instituições no Brasil e chega para finalizar todo um processo de trabalho e dedicação que acontece ao longo do ano. Celebramos a data colocando em vista a divulgação dos sinais e sintomas da doença para que a sociedade desenvolva uma cultura de entendimento de que o câncer infantojuvenil existe e que pode ser curado se o diagnóstico for realizado precocemente. Todas as instituições e casas de apoio estão mobilizadas em divulgar e promover mais um grande Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil”, explica o presidente, Rilder Campos.

0 comentários:

Postar um comentário