15 de novembro de 2018

URGENTE! PREFEITO AMAZAN SILVA ANUNCIA INÍCIO DA OBRA DA ADUTORA BOQUEIRÃO/JARDIM DO SERIDÓ

O prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva, usou suas redes sociais na manhã desta quinta-feira, (15), para dar uma das melhores e mais esperadas notícias de todos os tempos em Jardim do Seridó. O início da obra da adutora que levará água da Barragem Boqueirão de Parelhas para Jardim do Seridó. “Com muita alegria, informo à população jardinense que as obras da nossa Adutora terão início na próxima semana”, postou. 










Em sua postagem, o cantor/prefeito informa que, entrou em contato com o diretor da empresa ganhadora de licitação, o qual lhe confirmou que a grande obra terá início na próxima segunda-feira, (19). A obra é considerada como a maior e mais importante obra dos últimos 20 anos para Jardim do Seridó.







Em menos de 2 anos de gestão, essa é mais uma das grandes conquistas do atual prefeito, que lutou até conseguir junto ao atual governador, Robinson Faria, o que será a redenção do problema da falta de abastecimento de água em Jardim do Seridó.








Do Blog: A diferença é grande! O outro gestor passou 8 anos prometendo, e nada fez para resolver o problema. Amazan chegou, sem prometer, e consegue resolver em menos de 2 anos de gestão. Parabéns!

“BACURAUS ENROLADOS”! HENRIQUE ALVES, GEDDEL E CUNHA, E MAIS 15 VIRAM VÉUS POR CORRUPÇÃO

O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, aceitou nesta quarta-feira (14) a denúncia oferecida pelo Ministério Público contra o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), os ex-deputados Eduardo Cunha (MDB-RJ) e Henrique Alves (MDB-RN) e mais 15 pessoas. 





Com a decisão do juiz, eles se tornaram réus no processo e passarão a responder a uma ação penal.
A aceitação da denúncia não representa a condenação dos investigados. Isso porque eles ainda serão julgados e podem ser condenados ou absolvidos. 





Vallisney deu dez dias para as defesas apresentarem respostas à acusação e deu 15 dias para a Polícia Federal apresentar um relatório "pormenorizado sobre os bens e respectivas destinações apreendidos no interesse deste processo".




A denúncia foi apresentada na Operação Cui Bono, deflagrada pela Polícia Federal no ano passado para investigar fraudes na liberação de crédito pela Caixa Econômica.






Além de Geddel, Cunha e Henrique Alves, também se tornaram réus Lúcio Funaro, delator apontado pelas investigações como operador do MDB; e Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa. 





Quando denunciou os investigados, o Ministério Público separou as acusações por operações de créditos.
 

PRESO É ENCONTRADO MORTO DENTRO DA PENITENCIÁRIA ESTADUAL DE ALCAÇUZ

Um detento foi encontrado morto dentro da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta. O preso foi identificado como João Maria da Silva, de 57 anos. 




De acordo com a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc), João Maria foi encontrado por outros detentos caído no banheiro do setor de trabalhadores da penitenciária. A Polícia Civil e o Instituto Técnico-Científico de Perícia foram acionados. 





Ainda segundo informações da Sejuc, João Maria tomava antidepressivos e no último dia 5 de novembro havia sido submetido a uma endoscopia, para análise do estômago e esôfago. O detento aguardava o resultado de uma biópsia para fechamento de laudo




.
"Só o Itep - chamado pela direção da unidade, assim como a Polícia Civil - poderá determinar a real causa da morte, aparentemente natural", informou a Sejuc por meio de nota.

“FIZERAM UM TRABALHO PARA ME DERROTAR”, DIZ NELTER QUEIROZ COM SEU PRÓPRIO PARTIDO

O deputado estadual reeleito Nélter Queiroz analisa deixar o MDB a partir do próximo ano. O parlamentar se queixa do comando emedebista durante as eleições de outubro.




Fizeram um trabalho para me derrotar. Houve uma má condução do partido, pois vetaram que outras legendas se coligassem conosco”, reclamou o parlamentar, em entrevista.




Segundo ele, que há 17 anos está filiado ao MDB, o diretório da cidade de Mossoró não queria que a legenda se alinhasse com determinados partidos, como o PSB. “Nossa coligação foi um desastre”, relata.




Eleito para o oitavo mandato na Assembleia Legislativa, Nélter Queiroz estuda propostas para filiação, mas ainda não definiu sobre qual caminho irá seguir em 2019. “Ainda estou analisando”, despista o deputado.





O deputado estadual torce por uma boa gestão da governadora eleita, Fátima Bezerra (PT). No entanto, ele acredita que a futura gestora terá grandes desafios pela frente, como a relação com os demais poderes – Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público.




Eu sou favorável à redução dos repasses financeiros do Executivo aos demais poderes, pois é preciso negociar melhor esta questão. Acredito que temos de esquecer a oposição; temos de esquecer o governo. Nós temos que pensar no Rio Grande do Norte”, pondera.




O emedebista também sugere que o futuro governo encerre os pagamentos das parcelas mensais referentes ao contrato de concessão da Arena das Dunas.




O deputado ainda analisou o resultado obtido nas urnas pelo atual governador, Robinson Faria (PSD). Sem citar nomes, o parlamentar avalia que o chefe do Executivo foi boicotado por parte da bancada do Rio Grande do Norte. “Após as eleições de 2014, eu senti que, quando Henrique Alves foi derrotado por Robinson Faria, algumas pessoas colocaram pedras no caminho do governo. Temos de acabar com esta política rasteira”, finaliza.

SAÍDA DE MÉDICOS CUBANOS DEIXARÁ RN DESASSISTIDO EM 67 CIDADES

A saída de Cuba do programa Mais Médicos do Brasil, anunciada nesta quarta-feira pelo governo do país caribenho, deixará 67 municípios do Rio Grande do Norte desassistidos, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).





O Rio Grande do Norte tem, atualmente, 142 médicos cubanos distribuídos em 101 dos 167 municípios. Segundo a coordenadora da Comissão do Mais Médicos no Estado, Ivana Maria Queiroz, a saída dos profissionais caribenhos elevará de forma significativa o déficit de médicos existente.




As cidades mais afastadas da capital, Natal, devem sofrer as maiores consequências.  O Estado tem dificuldade de contratar médicos, sobretudo para atuar em localidades distantes.





Os municípios de maior porte também enfrentam problemas para fixar esses profissionais da saúde, já que a maioria opta em diluir a carga horária em regime de plantões nos serviços de urgência e emergência ou que não exijam o cumprimento de 40 horas semanais.





O governo de Cuba anunciou, na manhã desta quarta-feira, que deixará de participar do programa Mais Médicos. A decisão vem após o presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmar que pretende modificar os termos de colaboração com o país caribenho.

CINCO DIRIGENTES E 09 ÁRBITROS SÃO BANIDOS DO FUTEBOL POR MANIPULAR RESULTADOS NA PB

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) baniu do futebol cinco dirigentes e nove árbitros acusados de envolvimento em um esquema de manipulação de resultados no Campeonato Paraibano deste ano. O presidente do Campinense, William Simões, o ex-vice-presidente de futebol do Botafogo-PB, Breno Morais, o ex-presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB), Lionaldo dos Santos, o ex-procurador do órgão, Marinaldo Barros, e o ex-presidente da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol da Paraíba (Ceaf-PB), José Renato Soares, são os cinco dirigentes punidos com pena máxima por terem participação no que a Polícia Civil chama de organização criminosa. O julgamento foi realizado na tarde desta quarta-feira na sede do STJD, no Rio de Janeiro, no qual o Pleno do Tribunal aplicou a pena máxima também a nove árbitros paraibanos.






Todos foram apontados pela Polícia Civil e pelo Ministério Público da Paraíba como integrantes de uma suposta organização criminosa que comprava árbitros e manipulava resultados no futebol da Paraíba. Além do banimento, Breno Morais terá que pagar R$ 90 mil de multa. Já Marinaldo e Lionaldo terão que desembolsar R$ 30 mil cada. José Renato foi multado em R$ 50 mil. 





Na sessão desta quarta-feira, outros três ex-dirigentes do Botafogo-PB também foram condenados, mas apenas suspensos, e um foi absolvido. O ex-presidente Zezinho Botafogo foi condenado a 540 dias de suspensão e multa de R$ 30 mil, assim como o ex-vice-presidente Guilherme Novinho e o ex-diretor executivo de futebol Francisco Sales. Já o ex-diretor jurídico do clube, Alexandre Cavalcanti, foi absolvido por unanimidade.





Os árbitros paraibanos que não poderão mais apitar futebol profissional são: Adeilson Carmos Sales (árbitro da FPF), Antônio Carlos Rocha (árbitro da FPF), Antônio Umbelino (árbitro da FPF), Éder Caxias (árbitro da CBF), Francisco Santiago (árbitro da FPF), João Bosco Sátiro (árbitro da CBF), José Maria de Lucena Netto, (auxiliar da CBF), Tarcísio José (auxiliar da FPF) e Josiel Ferreira (auxiliar da FPF).






O ex-presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, que também foi denunciado pela Procuradoria do STJD por manipulação de resultados seria julgado nesta quarta-feira. O tribunal entendeu que ele não teve tempo suficiente para mandar a sua defesa e decidiu que o seu processo vai ser colocado em pauta novamente no dia 29 deste mês.

CONIACC E PRF SE UNEM EM AÇÕES PELO PAÍS CONTRA O CÂNCER INFANTOJUVENIL

Ninguém vence esse combate sozinho! Uma luta diária e que precisa da ajuda de milhares de pessoas. A Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC junto com as mais de 50 instituições e casas de apoio filiadas espalhadas pelo Brasil vão promover neste mês, várias ações importantes de alerta e conscientização ao diagnóstico precoce em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil (DNCCI) - dia 23 de novembro. A Polícia Rodoviária Federal – PRF também participa desta corrente através de suas unidades em cada estado brasileiro.







Entre os principais objetivos da data estão: estimular ações educativas e preventivas relacionadas ao câncer infantojuvenil; promover debates e eventos sobre as políticas públicas de atenção integral às crianças e adolescentes com câncer; apoiar as atividades organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil em prol dos pacientes; difundir os avanços técnico-científicos relacionados à doença e apoiar as crianças, adolescentes e seus familiares. Após 10 anos de concretização no calendário nacional por meio da Lei de Nº 11.650, de 4 de abril de 2008 - Projeto de Lei Nº 7.103 de 2006, o Dia de Combate ao Câncer Infantojuvenil continua a operar, intensamente, na orientação e divulgação de informações em torno deste problema que atinge milhares de jovens anualmente. 







Além da atuação junto às filiadas, no decorrer deste mês, a CONIACC conta com o apoio da Polícia Rodoviária Federal – PRF. Durante a campanha, a PRF executa o projeto “Policiais Contra o Câncer Infantil” na realização de ações em todos os estados do Brasil, nos quais são designados membros das comissões de direitos humanos da PRF que tenham conhecimento na temática para atuação em eventos de integração com crianças e adolescentes, levando sorrisos, força, auxílio material e moral. 




O presidente da CONIACC, Rilder Campos, fala sobre a data. O DNCCI já é celebrado há 10 anos pelas instituições no Brasil e chega para finalizar todo um processo de trabalho e dedicação que acontece ao longo do ano. Celebramos a data colocando em vista a divulgação dos sinais e sintomas da doença para que a sociedade desenvolva uma cultura de entendimento de que o câncer infantojuvenil existe e que pode ser curado se o diagnóstico for realizado precocemente. Todas as instituições e casas de apoio estão mobilizadas em divulgar e promover mais um grande Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil”, explica o presidente, Rilder Campos.

14 de novembro de 2018

POLÍCIA PRENDE ACUSADOS DE MATAREM MULHER COM TIRO DE ESPINGARDA NO INTERIOR DO RN



Através de denúncia anônima, foi possível localizar os suspeitos de terem cometido homicídio contra a pessoa de Luzia de Oliveira, ocorrido na madrugada da segunda-feira, (12) na cidade de Nova Cruz.





Foram presos, Tiago Pereira dos Santos (foto de cima) e João Batista da Silva Neto. Foi encontrado uma arma artesanal CAL. 12 e uma munição na residência do Tiago.




Há informes de um terceiro acusado, de nome Daniel Victor da Silva "Chapa" que encontrasse foragido até o momento.